quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Actividades na Santa Casa de Sardoal: Magusto e visita guiada a exposição

Todas as semanas, os idosos da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal têm actividades que os instruem e lhes ocupam o tempo. Trabalhos manuais, pinturas e colagens, jogos variados e ginástica são algumas das tarefas em que os clientes  gostam de participar.

No passado dia 11 de Novembro, o magusto foi celebrado com fado e castanhas, numa tarde em louvor de São Martinho. Dois sardoalenses vieram à Santa Casa cantar fados e canções tradicionais portuguesas e, depois, houve castanhas e um lanche-convívio entre os idosos e a Mesa Administrativa.

Por sua vez, o pintor Álvaro Mendes convidou, gentilmente, a Misericórdia de Sardoal para visitar a exposição  "Imagens que o tempo nos vai roubando", que assinala os seus 25 anos de pintura. Numa visita guiada, o artista explicou o contexto dos quadros, que retratam profissões de outrora, pintados a aguarelas e carvão. Recordamos as actividades com algumas fotografias.




terça-feira, 12 de novembro de 2013

Revista Sábado entrevista utente da Santa Casa

A utente da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal, Margarida Pires, deu o seu testemunho à revista Sábado e o resultado do trabalho pode ser lido na edição da semana de 7 de Novembro. Para abordar o centenário do nascimento de Álvaro Cunhal, a Sábado procurou pessoas nascidas em 1913 para que contassem um pouco da sua história de vida.

Veja o trabalho da revista nas imagens que se seguem:




quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Correio da Manhã faz referência à Misericórdia de Sardoal

 



O Correio da Manhã, de 5 de Novembro, noticiou a comemoração do Dia do Idoso na Santa Casa da Misericórdia de Sardoal.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Fados animam Magusto na Santa Casa de Sardoal





Dia 11 de Novembro, a Santa Casa da Misericórdia de Sardoal vai proporcionar aos seus clientes um Magusto.

A tarde vai ser preenchida com fados e um lanche convívio.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Recordar a festa do Senhor dos Remédios

Em dia de Todos-os-Santos, recordamos os festejos do Senhor dos Remédios, que remontam aos fins do ano de 1700. O Boletim da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal, de Julho e Agosto de 1984, evoca a festa religiosa de 1905, que tinha um programa composto por "Kermesse, arraial, música, iluminação e fogo de artifício".

No dia 7 de Maio de 1905 houve "alvorada por uma das filarmónicas d´esta villa e sermão pelo distincto orador Padre Silva Martins". O lucro dos festejos destinava-se à compra de instrumentos cirúrgicos para o hospital da instituição".